domingo, 6 de dezembro de 2015

Sufixo "-ismo"

CONTEÚDO ATUALIZADO EM:



50 comentários:

  1. Eu tambem acho que o sufixo ismo sirva em algumas vezes para exprimir superioridade em relação a outrem. Ex: Racismo, Machismo etc.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Afonso, eu pesquisei um pouco mais sobre o tema e acho que o problema não está no "ismo" e sim no que vem antes dele, por exemplo, o feminismo não prega, ou não deveria pregar, a superioridade das mulheres sobre os homens e, sim, a luta pela igualdade entre ambos.
      Obrigado pelo comentário, desculpe-me pela demora em respondê-lo.

      =]

      Excluir
    2. Olá paulo, o feminismo é a luta pela igualdade social politica e economica entre o gêneros, se vc acredita nisso, vc tbm é feminista.

      o Femismo está para o machismo, ou seja, ambos acreditam na superioridade ou enaltecimento de seus respectivos gêneros..
      boa tarde

      Excluir
    3. Sou um feminista lato sensu... hehehehe

      É a segunda vez que vejo a palavra Femismo... vou ver isso melhor...

      Grato pelo comentário!
      :]

      Excluir
    4. A palavra "femismo" nem ao menos existe, é só algo inventado pelas feministas pra jogar a culpa de algo que eu errado nas ativistas da FEMEN (mas nunca vi uma feminista se quer repudiar o que a FEMEN já fez, a não ser quando a opinião pública cai em cima), recomendo ver o que diz a Sarah Winter, que era da FEMEN e ver o que realmente é o feminismo no país (e infelizmente, no mundo) atualmente.

      Excluir
  2. o ismo pode ser um sufixo considerado correto para uma doença? como por exemplo homo sexualismo
    (não estou dizendo de homo sexualismo e uma doença)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então... "-ismo" é usado para muitas coisas, inclusive nomear doenças. "Homossexualismo" tem esse sufixo, mas não pode ser categorizado como doença, já que a OMS retirou esse termo da lista de patologias.

      Respondido?

      =]

      Se ainda houver alguma dúvida, basta perguntar.
      Até!

      Excluir
    2. Boa tarde! Já não se fala mais em homossexualismo e sim em homossexualidade justamente por não ser uma doença.
      Grata pela postagem sobre a amplitude do sufixo 'ismo' e pelo espaço para troca!

      Excluir
    3. Amigão como vc viu no texto sufixo "ismo" é usado para várias coisas. Esportes: CiclISMO,atletISMO; propriedades: MagnetISMO; orientação sexual: Homossexualismo; ou também doenças. Então para de falar bobagem. Primeiro aprenda a ler a língua portuguesa. Tbm existem muitas doenças que usam muitos outros sufixos: Ose: Artrose, virose, osteoporose, sufixo ia: Arritmia, psicopatia,. Etc

      O autor explicou muito bem o uso do sufixo ismo no texto. Se vc tivesse prestado atenção nao estaria falando bobagem. Se usa homossexualismo sim. E nunca deixou de ser usado. E nem vai deixar de ser. Pare de tolices. Já pensou: "Poxa to me sentindo mal acho que estou com ciclismo..." Ou então "olha aquele cara, ele tem romantismo". Então não vem com besteira cara!!!

      Excluir
  3. o ismo pode ser um sufixo considerado correto para uma doença? como por exemplo homo sexualismo
    (não estou dizendo de homo sexualismo e uma doença)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O "-ismo" é usado para muitas coisas, inclusive nomear doenças. Exemplo: acefalismo, atimismo, favismo, linfatismo, menierismo, parkinsonismo, raquitismo, reumatismo, sonambulismo...

      Respondido?

      =]

      Se ainda houver alguma dúvida, basta perguntar.
      Até!

      Excluir
  4. Como parte da comunidade LGBT, eu gostaria de informar que homossexualismo não existe, o certo é homossexualidade, se puder corrigir o texto - já que traz informações erradas - eu agradeço.
    Como referência e explicação: http://veja.abril.com.br/blog/sobre-palavras/consultorio/homossexualismo-ou-homossexualidade/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, Ana, espero não ter sido ofensivo neste post. Uma vez que há informações erradas, gostaria que me avisasse em quais pontos há erros (pode ser por e-mail ou citá-los aqui nos comentários).
      Quando alguém diz que uma determinada palavra não existe eu penso: "Se tem alguém falando é sinal da existência efetiva daquela palavra". Isso vale para o "menas", "seje", "quiz", etc.
      Quando eu li no seu comentário que "homossexualismo não existe" fiquei preocupado com uma entrada no Aulete digital quando dá a seguinte resposta:
      ------
      homossexualismo
      (ho.mos.se.xu:a.lis.mo) [cs]
      sm.
      1. Tendência à ou prática da relação homossexual.
      2. Homossexualidade.
      [F.: homossexual + -ismo. Ant. ger.: heterossexualismo.]

      Read more: http://www.aulete.com.br/homossexualismo#ixzz3sASleGAa
      Acesso em: 21/11/2015.
      ------
      Li o artigo recomendado e não o vi como muito diferente do meu, não encontrei nenhum posicionamento do autor daquele artigo em relação aos comentários.
      Reitero, se há algum trecho do meu artigo errado, ou com uma redação que possa ofender, basta me informar que tomo as devidas providências.

      Obrigado pelo comentário.

      =]

      Excluir
    2. Homossexualismo existe como palavra, mas o sentido da palavra não existe, já que não se enquadra em nenhuma das categorias citadas no texto. Ideologia é um conjunto de ideias ao passo que homossexualidade é uma condição.

      Excluir
    3. Fernanda, sou semanticista e não acredito em “palavra sem significado”, acredito, sim, que os significados possam mudar conforme as sociedades mudam. Quando associei homossexualismo com ideologia, considerei tão ideologia quanto feminismo o é. Pense na causa LGBT e veja se não há “um conjunto de ideias”. É nesse sentido que eu inseri homossexualismo no rol da ideologia. No comentário anterior este seu, apresento a definição do termo segundo um dicionário de respeito, não é da Wikipedia.

      Obrigado pelo comentário.

      =]

      Excluir
    4. Paulo, muito boa tua explicação quanto ao tema. Cabe salientar que o objetivo é mostrar o significado das palavras de acordo com os termos a partir das quais são formadas. Esses grupos, que adotam uma prática, querem mudar o significado só porque os mesmos soa pejorativamente, ou não tem uma boa apresentação. Deveriam se informar mais, e deixarem as preferências e opiniões próprias de lado, e se aterem ao significado etnológico da palavra. Depois, nós que somos preconceituosos!!!
      Obrigado.

      Excluir
    5. O Fato de homossexualismo ter saído da lista da OMS não significa que não seja uma doença. Logo, não está errado.

      Excluir
    6. Ernestina, uma vez que a OMS retirou homossexualismo do rol de doenças, está errado dizer que é. Como já postei as citações de dicionários confiáveis, homossexualismo pode ser qualquer outra coisa, menos doença.

      Excluir
    7. Quem diz o que existe ou não na língua portuguesa é a academia brasileira de letras e não nenhuma comunidade LBGT.

      Excluir
  5. A questão do Machismo e Feminismo não ficou clara.

    O Feminismo não seria o contraponto do Machismo? Ou seja prega a superioridade feminina.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que possa até ser um contra ponto, mas da mesma forma que Socialismo o é em relação ao Capitalismo, por exemplo. O Machismo tem seus ideais, gostemos ou não, e o Feminismo tem seus ideais, gostemos ou não. Algumas reivindicações feministas vão de encontro a alguns posicionamentos e atitudes machistas, mas pregar "superioridade", acredito que não. Pelo que vejo, alguns grupos mais radicais podem se comportar assim, mas radicalismo existe em toda ideologia e em todos os grupos.

      Obrigado pelo comentário.

      =]

      Excluir
    2. Acho que o oposto literal de machismo é femismo. Este sim prega a superioridade feminina.

      Excluir
    3. Fernanda, já perguntei a várias amigas feministas e elas disseram que a ideia não é de superioridade, mas de luta pela igualdade. Posso ver melhor sobre isso, se você conhecer algum blogue que pregue a superioridade feminina, por favor, manda o link porque eu gostaria de lê-lo.

      Obrigado pelo comentário.

      =]

      Excluir
    4. O problema de Machismo e Feminismo está justamente no contraponto, por isso prefiro o termo "Igualismo", cuja premissa é a igualdade. Comunismo e Capitalismo se enquadram em sistema político/ideologia, então eu não acho que seja uma analogia precisa. De qualquer forma, ótimo artigo, Paulo.

      Excluir
    5. Edson, vejo "igualismo" como um termo genérico, não que seja ruim, mas instancia menos informações.
      Nem sempre, quase nunca, as analogias são precisas.

      Obrigado pelo comentário.

      =]

      Excluir
  6. Dizer que homossexualismo é uma ideologia é quase tão errado quanto dizer que é doença. Homossexualidade é mais correto sob qualquer ponto de vista.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Correto e incorreto não têm gradação. Algo necessariamente está certo ou errado, segundo a tradição. Acredito que há palavras/expressões mais ou menos aceitas em determinadas comunidades, não gosto muito de "certo X errado".
      Baseio-me nesses dois significados para Homossexualidade e Homossexualismo:

      Homossexualismo (ho.mos.se.xu:a.lis.mo) [cs]
      sm.
      1. Tendência à ou prática da relação homossexual.
      2. Homossexualidade.
      [F.: homossexual + -ismo. Ant. ger.: heterossexualismo.]

      Homossexualidade (ho.mos.se.xu:a.li.da.de) [cs]
      sf.
      1. Condição de homossexual; HOMOSSEXUALISMO [Antôn.: heterossexualidade. ]
      [F.: homossexual + -(i)dade.]


      Consulta em 06/12/2015.
      Read more: http://www.aulete.com.br/homossexualismo#ixzz3taaROZIH

      Read more: http://www.aulete.com.br/homossexualidade#ixzz3tac2gJiY

      Obrigado pelo comentário.

      =]

      Excluir
  7. Dizer que o homossexualismo é uma ideologia é quase tão errado quanto dizer que é uma doença. O termo está incorreto, sob qualquer aspecto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ok, considerando que homossexualismo não é uma prática de relação sexual, assim, lesbianismo também não deve existir e também devemos banir tal palavra. Se não há ideais nos movimentos LGBT, isso seria impedimento real para não se chamar homossexualismo de ideologia, concordo em não nomear assim.

      Ideologia (i.de:o.lo. gi. a)
      sf.
      1. Ciência da formação das ideias e de um sistema de ideias.
      2. Fil. Pol. Rel. Soc. Sistema articulado de ideias, valores, opiniões, crenças etc., organizado como corrente de pensamento, como instrumento de luta política, como expressão das relações entre classes sociais, como fundamento de seita religiosa etc.
      3. Fil. No marxismo, o conjunto das formas de consciência social que tem por finalidade legitimar a classe dominante ou, no lado oposto, os interesses revolucionários da classe proletária.
      4. Hist. Conjunto das ideias e convicções próprias de uma época, uma sociedade, uma classe etc., e que caracterizam uma situação histórica.
      [F.: ideo - + -logia.]

      Acesso em:06/12/2015.
      Read more: http://www.aulete.com.br/ideologia#ixzz3tah3ZoRV

      Se esse termo é ruim, qual seria a palavra ideal para a ideologia LGBT? Elegebetismo? Lgbtismo?Homossexualidade é formado por outro tipo de sufixo e pertence a outro grupo de palavras, não vale.
      Não estou chacotando ou provocando, como já disse, eu estudo Semântica, havendo um termo que defina a ideologia LGBT, isto é, homossexual, vou estudá-lo e usá-lo, sem o menor problema.

      Obrigado pelo comentário.

      =]

      Excluir
  8. Parabéns pela explicação.

    Sempre que tento entender melhor algo, e especialmente a origem desse algo, procuro compreender a palavra.

    Naturalmente muita gente vai discordar de mim, mas acredito que muitos desentendimentos (e discussões inúteis) seria evitados se parássemos de querer mudar o significado das coisas pq gostamos ou não desses significados (acontece muito quando envolve ideologias e afins). A língua precisa ser clara e objetiva para evitar desentendimentos. Simplificar onde n deve ser simplificado ou ficar relativizando significados geram interpretações dúbias. E então temos a balburdia.

    Um dos maiores arrependimentos da minha vida foi n ter dado a devida importância a isso quando deveria. Devido a essa minha falta de cuidado é que percebi a importância da clareza na língua.

    Parabéns pelo artigo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anderson, concordo.
      É importante considerar que é discutindo que se chega a uma conclusão, não sou o dono da verdade, posso cometer alguns equívocos, mas é errando que se aprende.
      As palavras não têm um significado único, cada palavra, cada construção tem sua significação atrelada a uma cena, pelo menos eu acredito nisso. Dizer A ou B pode ser entendido como elogio num determinado momento ou direcionado a um grupo, mas em outra ocasião ou para um público diferente, a mesma coisa dita pode ser tomada como ofensa.
      Coisas da vida...

      Obrigado pelo comentário.

      =]

      Excluir
  9. Prezado Profº e Parceiro, boa-noite!

    Dentre os vários significados do sufixo 'ismo', temos como Sistema Político. Posso correlacioná-lo, 'sem medo de errar', porém, com uma certa dose político-brasiliense, ao termo "MetaPTismo = uma nova especialidade política, responsável por estudar as moléstias causadas pelo PT ao Estado brasileiro, em particular a corrupção."

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca ouvi falar dessa palavra... tem algum link que faça uso desse termo?

      Excluir
  10. Paulo, Parabéns pelo post. A questão da palavra homossexualISMO é tão ideológica que causa conflito. ..Sempre digo que jornalismo não é doença e homossexualismo também não. Na minha tímida opinião é um problema só pra quem o faz assim. O post é sobre semântica, não é sobre preconceito, sobre práticas, nem política. Não entendo a dificuldade das pessoas compreenderem. Em todo o post você explicou perfeitamente essa e outras palavras. Mais uma vez, parabéns!

    ResponderExcluir
  11. Acredito que o sufixo "ismo" demonstra a pratica de algo, como o Capitalismo - a pratica do acumulo de capital, o Cristianismo - a pratica de seguir a Cristo e assim por diante... mesmo sendo vaga minha definição, acredito que em resumo é o que significa esse sufixo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é. Esse é o assunto; o que significa o ISMO. E todos querem discutir o que está antes do ISMO, principalmente o homossexualismo. Ideia fixa!

      Excluir
  12. Sugiro uma alteração no texto, no trecho: "Homossexualismo era entendido como doença, hoje é entendido como posicionamento em relação à preferência sexual (mais próximo de “ideologia”)".
    O termo correto é ORIENTAÇÃO sexual. E a orientação não é uma escolha, muito menos uma ideologia. Poderíamos entrar num debate sobre isso, mas já que há um termo para isso, usemos o termo correto "orientação sexual".

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pâmela, obrigado pelo comentário, e desculpa pela demora na resposta...
      Corrigido o termo "preferência", concordo que o uso dessa palavra não abarca a complexidade do tema, corrigido.
      Como disse em respostas anteriores, se homossexualismo não pode nomear a ideologia LGBT, qual é o termo utilizado? "Gayzismo" normalmente é pejorativo, seria então "lgbtismo"?
      Não estou sendo sarcástico, não sei mesmo... acredito que haja uma ideologia nesse grande grupo, mas qual o nome dessa ideologia? "Igualismo", não me parece ser o caso específico da causa LGBT.

      Grato!
      :D

      Excluir
    2. Paulo, o movimento LGBT pode-se dizer que sim, é uma ideologia, mas a homossexualidade em si, não. Você está a todo momento associando uma condição sexual a um movimento social em prol de equidade.
      Ser L, G, B ou T, não necessariamente lhe põe a favor d'uma causa, apesar de assim ser apto a ser protagonista da LGBT+. Aliás, até é possível de ver-se alguns L-G-B-T com a síndrome de Síndrome de Estocolmo e sendo eleitor do Jair Bolsonaro.

      Excluir
    3. Rodrigo, desculpa a demora em responder... tive problemas com a internet...
      Então... considerando homossexualismo como ideologia (hipoteticamente), o homossexualista não necessariamente seria LGBT. Um abolicionista pode ser escravo, mas pode ser um livre; um homem pose ser feminista; uma mulher pode ser machista, etc.
      Pelo visto, realmente não há um "-ismo" para a causa LGBT.

      Obrigado pelo comentário!
      :]

      Excluir
  13. Boa tarde, Paulo.
    Lendo o seu último comentário tomei a liberdade de lembrar um ponto importante quando se refere a não saber o nome do que vc chama "ideologia LGBT".
    Para responder, saibamos que ideologia, segundo o Aulete:
    (i.de:o.lo. gi. a)
    sf.
    1. Ciência da formação das ideias e de um sistema de ideias.
    2. Fil. Pol. Rel. Soc. Sistema articulado de ideias, valores, opiniões, crenças etc., organizado como corrente de pensamento, como instrumento de luta política, como expressão das relações entre classes sociais, como fundamento de seita religiosa etc.
    3. Fil. No marxismo, o conjunto das formas de consciência social que tem por finalidade legitimar a classe dominante ou, no lado oposto, os interesses revolucionários da classe proletária.
    4. Hist. Conjunto das ideias e convicções próprias de uma época, uma sociedade, uma classe etc., e que caracterizam uma situação histórica.

    Considerando a escola como intituição que resume o conjunto das ideias e convicções próprias da nossa época e sociedade, permitindo caracterizar uma situação histórica, posso afirmar que enxergar uma ideologia lá.
    O indivíduos são organizados mediante uma disciplina rígida:
    - mediante disposição do espaço (carteiras dispostas em filas, formando retângulo em ambiente fechado),
    - uso de uniforme (pelo senso de comunidade mas abolindo a individualidade),
    - escolha de matérias e quantidade delas (sendo reservado pequeno espaço para aprender escrita, por exemplo),
    - até mesmo o modo como o conteúdo é ensinado (praticamente anulada a experiência de laboratório em química e física enquanto os cálculos adquirem níveis de dificuldade admiráveis)
    - horário rigoroso e controle de entrada e saída
    - sistemas de provas e castigos/recompensas (e considerar isso pedagógico)
    - propagação de piadas e conhecimentos, sem historicizá-los, atribuindo indiscriminadamente estereótipos hegemônicos de gênero e sexualidade como únicos possíveis (reforçando papéis não normativos ou ridicularizando os que não são)
    - não reflexão sobre acesso à própria escola mediante precariedade de condições que a antecedem (como pobreza/miséria, violência).

    Isso tudo é ideologia, e muito avesso à discussão de direitos de qualquer grupo ou organização coletiva simplesmente porque abole individualização e debate sobre diferença. E são valores naturalizados, ou seja, que são assimilados indiscriminadamente como corretos. Movimento LGBT, assim como movimento negro, feminista, de pessoas deficientes e de qualquer grupo que exija direitos não contemplados na sociedade são bastante diversos, inclusive cada um internamente, e entre si, portanto não permitem uma caracterização única. Os movimentos sociais só podem ser compreendidos em suas historicidades, e, claro, tendo consciência de que tem como proposta questionar algo estabelecido. Sendo assim, nada como colocar às claras qual é o estabelecido antes de compreender a crítica, né?!
    Estou aberta ao diálogo, sempre buscando argumentação com profundidade mas do modo mais simples que encontrei para comunicar alguns anos de estudos.
    Obrigada pelo espaço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Raquel, obrigado pelos comentários.
      Então, quando eu entendo homossexualismo como ideologia, apoio-me no segundo significado "2. Fil. Pol. Rel. Soc. Sistema articulado de ideias, valores, opiniões, crenças etc., organizado como corrente de pensamento, como instrumento de luta política, como expressão das relações entre classes sociais, como fundamento de seita religiosa etc."
      Confesso que não entendi a crítica, perfeita, sobre a escola.
      Pra mim, há nomes que pegam e outros que não pegam. Feminismo, nomeando a ideologia feminista, pegou, mas se eu disser negrismo para o movimento negro pode não pegar. Gayzismo é usado no sentido pejorativo...
      Não sou completamente inteirado dos movimentos LGBT, minha indagação é de puro desconhecimento, tentando saber do assunto.
      Se não há um nome, assim como acho que não tem para a luta dos movimentos pró deficientes físicos, OK... Eu posso viver com isso... baseado nos comentários anteriores, parece-me que não há...

      Excluir
  14. Continuem.. ;) . Estou adorando e aprendendo muito! ❤

    ResponderExcluir
  15. Continuem.. ;) . Estou adorando e aprendendo muito! ❤

    ResponderExcluir
  16. Depois de tudo que li, só posso parabenizar. Gostei da atitude do autor, que não se comporta como um impositor ou dono da verdade, propondo-se sempre a pesquisar mais e rever seus postulados quando necessário. Parabéns.

    ResponderExcluir
  17. parabéns pelo artigo muito bom, pesquisa com muita propriedade e com muito respeito a cada comentário

    ResponderExcluir
  18. Continuarei usando o termo homossexualismo. Não com conotação perjorativa, pois não é a minha intenção e cabe interpretação para tal. Mas só quero ver mesmo a reação dos outros e causar.

    ResponderExcluir

Dê-nos a sua opinião