sexta-feira, 15 de novembro de 2013

O Mar Revolto em Pensamentos - Poemas Alheios


O Mar Revolto em Pensamentos

O mar revolto em pensamentos

Facilmente se esvai
No subir e descer das ondas
Com o aroma de sol no ar.
O milagre do sal,
O poder das ondas.
A espuma no espelho d’água esvazia
A mente agitada do guerreiro.
Nada há de melhor que o sabor
Do mar constante que embala.
Melhor que contempla-lo à praia
É singra-lo ao ponente.
A alma se eleva,
Para-me o coração,
Contemplar o mar salgado
É indescritível.


http://mmfelix.wordpress.com/2013/01/19/o-mar-revolto-em-pensamentos/

Um comentário:





  1. O MAR SALGADO CONTAMINADO

    Mar salgado! Já dizia o genial PESSOA;
    --Era este cantinho à beira mar português,
    Que se foi salgando com desfaçatez,
    De real política jamais s’aperfeiçoa!

    Salgado mar, co’a mesma cambada d’avidez
    O vate tinha razão, aqui o tredo s’amontoa
    Há mais de quarenta anos a promessa boa
    Não s’avista! Não se realiza, nem teve vez!

    Continua a navegar neste mar que já foi heróico,
    Hoje, está salgado, inavegável, paranóico,
    Cda vez se pensa mais plantar outra OLIVEIRA…

    Parece qu’era mais ubérrima; há quem diga
    Neste mar assim, a manta de sal nos castiga,
    Que Belém! Jerónimos! Batalha vão à feira!

    ResponderExcluir

Dê-nos a sua opinião