segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Pretérito Imperfeito



O nome deste tempo verbal vem de imperfectum(que quer dizer “não acabado”). Os fatos que não foram totalmente concluídos antes do momento de fala entre falante/interlocutor, fatos contínuos e não terminados. Segue a marcação por desinências características do PI se dá da seguinte forma na primeira conjugação: Rad. + VT + -va/-vas/-va/-vamos/-veis/-vam; na segunda e terceira: Rad. + VT + -a/-as/-a/-amos/-eis/-am.
Por indução fonética, na primeira conjugação a VT “a” eleva-se para “e”. Ao contrário do que ocorre em PP, o PI tem uma forma diferenciada na 1ª conjugação, mas a 2ª e 3ª conjugação compartilham um mesmo paradigma. Por padrão, os verbos são paroxítonos, mas 1p e 2p do PI são proparoxítonos, acentua-se o “i” para que não seja confundido com outras formas e não se pronuncie, equivocadamente, como paroxítono.
 Ex.:
Eu falava de você todas as noites.
Vós que comíeis enquanto falam são muito nojentos.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê-nos a sua opinião