segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Pretérito Mais-Que-Perfeito



Exprime uma ação acabada num passado anterior a outro passado. O PMP não é exclusivo da Língua portuguesa, aparece na francesa (plus-que-parfait), na espanhola (pretérito pluscuamperfecto, ou antecopretérito) e na língua latina (plus-quam-perfectum ). As três conjugações são diferentes entre si quanto a VT e sua acentuação, sendo o paradigma, Rad. + VT + -ra/-ra-s/-ra/-ra-mos/-reis/-ram. 
Note-se que em 2p a VT é acentuada para marcar a diferença com a 2p do Futuro do Presente Com forte presença em textos formais, o PMP simples é raramente utilizado na linguagem oral, predominando a forma composta que se faz da seguinte maneira, “ter/haver” no Pretérito do Imperfeito + verbo principal no Particípio Passado.


Ex.:
Ao falar com o marido, a esposa chegara mais perto.
Ele tinha contado as moedas antes de sair.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê-nos a sua opinião